who am I?

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

01/02

"A largata virou borboleta e tentou voar, 
Pulou da árvore mas não sabe se vai conseguir o que tanto almeja..."
  Hey borboletas,
Nao sei muito o que falar aqui neste momento, serio....bom.... acho que prefiro fazer um grande resumo....
No ultimo post eu recebi um comentário dizendo que sempre se pode mudar... E bom...Eu estou tentando.
Nada muda do nada, logo não estou 100% melhor mas estou no caminho...
Eu comecei uma dieta saudável e bem...consegui ver resultados, não aqueles que eu via com a Ana...Mas não estou tendo compulsão logo já é um ganho...Certo? !
É totalmente estranho para mim isso, as vezes me sinto culpada por comer, mas respiro e continuo com a mesma dieta.
Sobre as emoções.... As vezes tenho ataques de ódios, que me cegam tão fortemente que quero me machucar ao máximo,  mas tento me controlar... Na última vez eu não consegui resisti mas não me cortei...
Não sei até quando vou conseguir, espero que eu consiga "me ajustar" a essa nova fase, tenho medo da regressão, mas não descarto essa hipótese, as vezes sinto tanta saudades daquele sentimento de vazio no estômago, de como queima e de como roncava, não que eu coma até me sentir cheia, não. ..Mas é bem mais do que estou acostumada.

Bom....quem sabe eu consiga seguir assim....
Anna-Chan
Força

sábado, 23 de dezembro de 2017

23/12

Entrar na academia, começar uma dieta, foi isso que se resumiu meu comecinho das ferias, me sinto meio feliz...meio triste...meio sla.
Não sabia o que dizer aqui... minha vida anda meio pombo...
Como sempre há momentos felizes e tristes... Um dos ápices  do més foi uma pequena, mas linda e divertida, festa surpresa, onde todos gritaram que eu era afim do H, o que, pela a primeira vez na vida, era mentira.. eu não gostava/gosto,,, é apenas um amigo que me faz tão bem que o chamo de crush da vida..ele mesmo sem perceber me faz esquecer por alguns minutos a ANA.... Masa não sei se realmente quero esquecer ela.
Me sinto bem confusa esses dias...esse ano. As vezes penso em largar tudo e me tornar "saudável", emagrecer saudavelmente, e viver de um forma boa e normal, mas as vezes sinto que ja é tarde de mais.... Não sei realmente nada... Meu fim de ano se resume em um enorme "SEI LÁ" acompanhado de um lindo "SERÁ?" 

"Será que devia continuar a ser assim?"
"Sei lá!"
"Sera que meus sonhos se realizaram?"
"Sei lá!"
 "Será que sou o sufciente?"
"Sei lá!"
 "Sei lá!"
 "Sei lá!"
 "Sei lá!"
 "Sei lá!"
 "Sei lá!"
 "Sei lá!"
 "Sei lá!"
 "Sei lá!"
 "Sei lá!"
 "Sei lá!"
 "Sei lá!"
 Força!
Anna-chan

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

09/11

As pessoas sempre esperam muito de mim, e isso cansa tanto.
Quase nunca sinto que atinge o meu lugar, acho que sempre decepciono.
Meus  "amigos" não sabem de  nada, e isso me irrita.
" Eu já me cortei  foi isso foi a pior época da minha vida"
"Se auto flagelar é tão ridículo"
"Essas pessoas só estão atrás de atenção"
CHEGA!
Eu não posso gritar.
Ninguém me ouve pedir socorro.
Ninguém quer me ouvir.
Eu estou sorrindo.
Sempre sorrindo.
E tão podre por dentro.
Quando chegar o momento de explodir, tenho medo de acabar me expondo demais...
Mas já estou tão cansada de tanta farsa.







"Por favor sorria! Não queremos suas verdadeiras emoções. Você só precisa continuar aí e sorrir, acene a cabeça...  Isso, não mostre o lixo dentro de você...
Ninguém precisa saber o quão podre está por dentro. As pessoas não compram algo porque é  bom, compram pela aparência. 

Então me ouça e apenas sorria!"


Anna-chan
Força 

sábado, 28 de outubro de 2017

29/10



É tão simples querer não sentir nada, para o mundo o vazio é libertador.
Quero o vazio da minha mente por alguns segundos. Sem pensamentos de ódio contra a mim mesma, sem sentenças de nojo. 
Por muitos sou apenas a garota alegre que sorri e não se importa com comentários maldosos alheios . Mas como se importar se todo o dia falo coisas piores para mim mesma quando me olho no espelho?!
Não importa o tempo, sempre me vejo em torno de uma psicose emocional, e não sei o que fazer para e libertar dela.
As pessoas ao meu redor crescem, mudam, são felizes de pouco a pouco, se formam seres diferentes. E eu me vejo afundada no mesmo lugar emocionalmente, ainda não me amo, ainda não me sinto feliz com minha aparência.
Cheguei a um ponto que nem me preocupo mais com que vou usar "Ninguem vai me achar bonita mesmo" .
Nas fotos sempre sou aquela que esconde o corpo atras da outra amiga.
Eu sou a amiga que gosta do menino e nunca diz para ele por saber que nunca sera aceita em comparação as meninas perfeitinhas. 
E desde de quando minha mente foi para este estagio?!
Eu não me visto e me sinto bonita. Eu não tenho nenhum prazer em comprar roupas novas, e sair se tornou um fardo.
Sera que devia voltar a ser aquele tipo de Anna?! Aquela que focava 100% em ser perfeita?! Não sou mais uma Anna e isso admito, porem meus pensamentos são os mesmo de anos atras...sera que devia voltar?!
Os cortes ja voltaram...O que custa a Anna voltar?! Ela anda tão sumida, e eu ando com tanta saudade.
Quem sabe....
"Você sabe que a quer... só vá la e apegue de volta, ela nunca te abandou mesmo"
Meus pensamentos me levam a escolha mais obvia...
Olá Anna...seja bem vinda de volta...

Anna-chan
Força 

terça-feira, 25 de julho de 2017

25/07

A carne é fraca e facilmente penetrável pela lâmina, ela corta e se delicia com o sangue que derrama pelo braço e para no chão.
É tão fácil me imaginar daqui a 1 ano, magra e sem cicatrizes de toda essa psicose emocional.
Mas diferente da carne que é tão facilmente penetrável e alterada, minha mente se vê em apenas uma completa desunião com o meu querer. Enquanto loucamente espero por uma salvação, fico mais a mercê de tudo aquilo que me causa agonia.
Cinco quilos a mais, cinco passos a menos, tudo gira em torno de uma coisa, uma simples e louca coisa....ser perfeita.

Ana-chan
Forças

sábado, 22 de julho de 2017

22/07

Enquanto o mundo for esse caos e o caos maior se alojar em mim, serei obrigada a fugir dos seres que habitam nesta terra.
Os seres são diferentes de mim,  eles pertencem ao outro lado, eles se acham melhores por isso, eles se acham melhores por conhecer o amor e o cultivar.
E talvez ele sejam; talvez eles sejam.....

Ana-chan
Força

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Dejavu

  Hoje foi a "festa junina" na minha escola. Meio louco por ser uma quinta feira, porém ainda sim, foi hoje.
  Acordei, tomei banho, e me arrumei o máximo possível....O porquê....?! Nem eu sei, acho que queria me sentir bonita....Ilusão.
  Fui s festas, dancei quadrilha, e um bando de coisas a mais. Em algum momento, nem sei como ou o porquê, estava do lado do Y(um menino da minha sala) e estávamos conversando, fiquei meio carente e abracei  ele (não foi bem carência smp gostei de abraços), estávamos conversando sobre minha colega F, beijar nosso amigo A, para ele sair da prisão (um jogo besta, de prender um amiguinho em uma "prisão" e ele só poderá sair se alguém beijar ele). O A não quis beijar a F (nem sei porquê, percebo agora que o dia passou e eu fiquei meio desligada) e estávamos conversando sobre o beijo não dado. Teve uma hora que estávamos conversando e eu virei o rosto bem rápido para falar algo com o Y (obs: eu ainda estava o abraçando) e ele meio que virou o rosto bem rápido para o outro lado, porque achou que eu iria tentar o beijar, e disse uma frase como "Cara, pensei que ia tentar me beijar,....." e algo a mais que agr não quero relembrar. Me senti rejeitada, e eu nem gosto dele, nem tenho nenhuma atração (mesmo ele sendo mtttt gato), falei que ele não era meu tipo, e disse algo sobre merecer algo melhor....Orgulho ferido.
  Tentei esquecer e fui para a sala, onde estava um grupo dos meus amigos, conversei brinquei, e teve uma hora que soltei algo como "P.S acho que gosto e você, agora você é meu crush" óbvio que foi brincando, e o P.S é um outro colega da minha sala, e ele simplesmente respondeu "Você supera" de forma ríspida, sem sorrisos, não...ele não levou como uma brincadeira. Novamente rejeitada...

   "Okay, foram apenas duas vezes"_ Disse para mim mesma, não foi nada demais.
  Voltei a tentar esquecer, fiquei perto da F e da minha irmã, elas estavam perto do F.C (outro colega), não lembro o que aconteceu (ou lembro mais tenho vergonha de dizer), mas novamente me senti rejeitada.
 Cheguei em casa as 14:00, quis chorar, me olhei no espelho
          "Gorda"
                     "Gorda"
                                  "Gorda"
                                              "Gorda"
                                                           "Gorda"
                                                                       "Gorda"
                                                                                   "Gorda"
                                                                                                  "Gorda"
                                                                                                                 "Gorda"
                                                                                                                                 "Gorda"
Como um eco, essa palavra se repetia em minha mente, me bati para não chora, desci e fui fazer os trabalhos da escola, para poder ocupar minha mente.
  Agora mesmo, vim para meu blog, para ver os comentários, e visitar os blogs que sigo (muito deles são de vocês), e reli meu posts. Tem um, que lembro muito bem, foi postado no dia da festa junina da minha antiga escola ano passado, a mesma coisa aconteceu, so que naquela vez, foi apenas uma pessoa.
  Penso agora ter sido uma mensagem do mundo me mandando não relaxar e continuar tentando. Tentando ser magra. Acho que depois de perder 10kg esse ano, me senti meio "felizinha" e perdi meu foco.
  As vezes penso que sou muito frágil. Tudo que me falam me faz questionar o que sou. Se alguém me xinga me sinto uma bosta, finjo que não me afetou e continuou seguindo, porem sempre que posso, fico me martirizando e me xingando, me mandando ser melhor.
"Você é ridícula,ainda não chegou lá"
Ma onde seria ? Onde?
Chega,não posso parar ate chegar lá. Mesmo que não saiba onde é, tenho que chegar lá. So assim...acho que serei feliz.
Me desculpem a historia longa.....talvez depois dessa venham mais, me sinto melhor agora que pude me expressar e soltar tudo o que estava pensando.
Como desculpa por lerem essa historia chata e monótona....thinpos <3
 
 
 

Kissus de morango 
Anna-chan
Força